• Dra. Aline Rodrigues Mota

O que você precisa saber sobre Clareamento Dental?


Todo mundo sabe que um belo sorriso é capaz de dar mais destaque a quem o exibe e quebrar o gelo, seja numa reunião de negócios ou naquele encontro especial.


Seu dentista pode te recomendar um procedimento caseiro, profissional ou os dois. Isso vai depender do grau do problema, do tempo a ser dedicado e do investimento que você está disposto a fazer.


No consultório, a manipulação é feita exclusivamente pelo profissional, que utiliza produtos com peróxido de hidrogênio, três vezes mais potente que o peróxido de carbamida utilizado na técnica caseira, com ou sem a ativação de luz ou laser.

Já no clareamento caseiro, o cirurgião-dentista confecciona uma moldeira personalizada para o paciente, fornece o gel com a concentração ideal para o caso e monitora semanalmente sua evolução.


Os resultados do tratamento podem durar entre dois e cinco anos. Isso vai depender dos cuidados que você vai ter! É importante fazer uma boa higiene bucal e visitar regularmente o dentista.


No entanto, nem sempre o tom desejado é alcançado. Durante o processo de clareamento, a cor do dente não é alterada, mas sim a saturação, o “croma” dessa cor para mais ou menos saturado. Há pacientes nos quais não há significativa alteração no grau de saturação. Daí que, antes de iniciar o clareamento dental, é preciso estar ciente dessa possibilidade.


Esse tratamento não é aconselhável para menores de 16 anos, gestantes, mulheres que estão amamentando ou ainda em pessoas que têm manchas nos dentes causadas pelo uso de tetraciclina ou que sofrem de sensibilidade nos dentes.

Da mesma forma, o resultado não é efetivo em quem tem muitas restaurações (porque os agentes clareadores não funcionam sobre resina composta).

7 visualizações